O Conselho de ministros da ue reuniu-se esta semana em Bruxelas para debater as possibilidades de pesca para 2018. Uma das questões que havia sobre a mesa é o grave estado das populações de robalo do Atlântico. Neste sentido, o conselho adoptou a proposta da Comissão Europeia de que, no Atlântico Norte, a pesca recreativa não pode reter qualquer exemplar desta espécie. Entretanto, a pesca profissional continua a manter a sua quota. O Conselho deixa a porta aberta para levantar a proibição da pesca recreativa em função do resultado das avaliações científicas dos stocks a publicar em Março.

Na IFSUA, consideramos esta decisão totalmente injusta e desproporcionada, uma vez que a pesca profissional é, de longe, a que tem mais incidência sobre esta espécie. Neste sentido, já estamos a estudar com os nossos membros possíveis medidas legais. Entre outras coisas, porque há também muitos negócios ligados à pesca recreativa desta espécie, que têm o mesmo direito de viver do que os da pesca profissional.

No Golfo Da Biscaia o limite fixado para a pesca recreativa do robalo passa dos 5 exemplares do ano passado a 3 por pescador e por dia.

Lembrem-se que, para poder seguir em frente, o IFSUA precisa do vosso apoio. Você pode fazer membros através deste link: http://ifsua.net/index.php/es/component/osmembership/?layout=pricingtable ou escrevendo um e-mail para ifsua@ifsua.net

E também incentivar o seu clube a participar!

Fonte e créditos: IFSUA.NET

2 Comentários

  1. Avatar
    João Leitão
    15 Fevereiro, 2018
    Responder

    Mas estamos a brincar ou quê. Pesco para me divertir, e fico impressionado por exemplo agora na pesca da lampreia aqui no Norte no rio cavado, com a quantidade de redes a atravessar o rio de uma margem a outra. Matam robalos grandes pequenos e ninguém faz nada. Tudo um bando de ladrões. Temos que por termo nisto, nem que se tenha de fazer uma manifestação, para acabar com este bando de chulos.

  2. Avatar
    Vitor
    28 Abril, 2019
    Responder

    Boa tarde,

    Sabem se a proibição de pesca lúdica de robalos ainda se mantém em 2019?

    Obrigado

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior PESCARDATA- Recolha de dados sobre a Pesca Recreativa em Portugal Continental
Próximo Pesca de Surfcasting, Dourada em Sines